Bienal Ama+zônia

Visão de um Desenvolvimento Verde

A ESSÊNCIA DA SOBREVIVÊNCIA

A AMAZÔNIA CLAMA POR SUA PRESERVAÇÃO, A BIENAL DA AMAZÔNIA AMPLIFICA SUAS VOZES PARA A SOBREVIÊNCIA DO PLANETA

Atelier O’Reilly
Alcinda Saphira
Chris Diewald
Chris Diewald

Sobre a Bienal

A 1ª EDIÇÃO DA BIENAL DA AMAZÔNIA ACONTECERÁ NA FLORESTA AMAZÔNICA EM BELÉM DO PARÁ NUMA IMERSÃO DE 30 DIAS ATRAVÉS DE AÇÕES QUE ACONTECERÃO AO LONGO DE DOIS ANOS REPETIDAMENTE, DEIXARÁ UM LEGADO SUSTENTÁVEL NOS ÂMBITOS AMBIENTAL, SOCIAL, CULTURAL E ECONÔMICO.

A Amazônia é um crucial regulador da temperatura do planeta e responsável por assegurar o fluxo de chuvas indispensável para a produção agrícola. O desmatamento expõe a um constante risco, o equilíbrio ambiental. As comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas que povoam a Amazônia, protagonizam a luta pela preservação da floresta e sua cultura.

 

A MISSÃO: Tornar-se o epicentro de criatividade na Amazônia com propostas para a preservação do patrimônio cultural e natural, difundindo a cultura local e trocando experiências com o compromisso maior de estabelecer parcerias para desenvolver projetos que beneficiem a comunidade e o bioma local

 

Projeto do escritório de Arquitetura e Urbanismo Atelier O’Reilly Architecture & Partners

O Legado

  • Construção de um centro cultural para a população local que abrigará a Bienal da Amazônia e eventos periódicos.

 

  • Construir escolas e mini centros culturais para produção de arte nas comunidades locais, com arquitetura sustentável, construídos com saberes autóctones, materiais orgânicos locais e formação de mão-de-obra em parceria com universidades e escolas técnicas locais

 

  • Criação de programas educacionais para a restauração do bioma local

 

  • Envolvimento de artistas visuais, designers e arquitetos locais, nacionais e internacionais para intercambio cultural

 

  • Projetos de reurbanização com conceitos de desenvolvimento urbano sustentável

 

  • Realização de Oficinas e Performances

 

  • Valorização da Identidade gastronômica Amazônida

 

  • Construir um barco escola cultural elétrico que subirá os rios visitando comunidades construindo escolas com espaços para bibliotecas e exposições de arte, apresentações de peças de teatro, filmes e vídeos, instalando kits para implantação de infraestrutura local como tratamento natural de águas negras e geração de energia limpa.

 

  • Instalações de arte e tecnologia nas margens dos rios e na floresta estimulando o ecoturismo e gerando zero impacto ambiental
Projeto do escritório de Arquitetura e Urbanismo Atelier O’Reilly Architecture & Partners
Projeto do escritório de Arquitetura e Urbanismo Atelier O’Reilly Architecture & Partners

Amazon Tears Lágrimas da Amazônia

Conheça a arte de Alexandre Mavignier doada para a Amazônia Bienal de Arte 2022

Local:

Floresta Amazônica, Belém do Pará, Brasil

Contato: